Subscribe:

12/12/2010

Cápitulo Dois : Admiração... Cápitulo três : Não consigo ficar sem rir com você.

Hinata entrou no seu quarto, sem fechar a porta, afinal, ela era acostumada a ficar sozinha, e não teve muita noção de que Sasuke a esperava na sala, ela puxou o laço de seu vestido, desceu as alças, e quando o vestido desceu até seus pés ela o empurrou para o canto do quarto, onde estava algumas roupas sujas, ela pegou sua toalha que estava pendurada na porta, e entrou no banheiro, que era um lugar branco com mini-azuleijos vermelhos, tinha um bide de vidro esbranquiçado, que dava para ver a sombra do lado de fora, e uma janela que era virada para o jardim de inverno no fundo da casa.
Ela pendurou a toalha no cabide, e entrou no bide, tirou seu sutiã branco, e o jogou pra fora no quarto, e depois retirou sua calcinha azul clara e a jogou junto com o sutiã no meio do quarto, soltou seu cabelo, que caiu até o meio de suas costas e ligou o chuveiro até o fim, para a água ficar gelada, ela começou a tomar seu banho, enquanto isso, Sasuke se entediava na sala, com a tv, que estava horrivel, com filmes repetidos e resprises dos episodios inéditos das séries que ele assistia, ele ficou com vontade de ir ao banheiro, e viu que ali embaixo só tinha a sala, a sala de jantar, a cozinha e um lugarzinho que pareçia certo para jogos, como xadrez, pôker e bilhar. Ele então deduziu que o banheiro seria no andar de cima, ele subiu as escadas, e foi olhar no primeiro quarto, era um quarto de hóspedes todo roxo, Sasuke deduziu que seria o quarto da irmã de Hinata, Hanabi, ele então olhou na segunda porta, era uma espécie de ateliê, cheio de quadros, e desenhos pendurados na parede, ele fechou a porta, e foi para o outro lado, ele encontrou uma porta aberta, e deu uma leve olhada para o quarto, era todo bege e vermelho, q tinha algo jogado no chão do quarto que fez o garoto tem um certo probleminha com seu amiguinho, ele encontrou um sutiã tamanho G jogado no chão, e uma calçinha bonita, simples mas muito exitante, ele não resitiu e foi procurar a origem daquilo, como o chuveiro de Hinata era quase ajato, a aguá caia na cabeça dela, e ela não ouvia nada além da água, e ela estava de costas para a porta, portanto não notara que o garoto havia entrado em seu quarto, ele parou, e olhou para o bide, e então viu o vidro esbranquiçado, e viu uma figura incrívelmente linda, Hinata estava apoiada com a mão na parede deixando a água cair por sua cabeça, e estava com os quadris de lado, que deixava sua cintura afinada em uma bela curva, que fez Sasuke vidrar os olhos nela, ele nunca avia visto tamanha beleza, Sasuke perdeu a noção do que fazia ali, e foi meio que hipnotisado até o bide, puxou o vidro, e viu Hinata ali, linda, e perfeita, ela sentiu o vento que entrava e virou-se, com a água descendo pelo seu rosto, ela se assutou, e puxou a toalha do cabide, com um girto rápido, mas ouvido só por Sasuke.
_ O que faz aqui Sasuke? - perguntou a menina assustada, com a toalha se enxarcando embaixo do chuveiro.
_Hinata, me desculpe, mas, é que, é, eu não sei que dizer, me desculpe - ele tentava explicar quase morrendo, porque havia feito aquilo, Sasuke não era assim, ele sempre fora quieto, e sem sentimentos, mas não foi o que ele viu em Hinata que o atraiu, foi o que ele sentiu dela, ele começou a sentir amor, se sentiu admirado por ela, ele a amava.
_Tudo bem Sasuke, faça-me então o favor de me dizer...
_Hinata, eu te amo - disse ele sem melongas.
Ela foi saindo devagar do bide, indo devagar em direção ao quarto, sem saber ao certo o que estava fazendo, Sasuke ia em direção a ela, e ela pensava no que ele disse, tudo acontecia rápido de mais, ela não tinha tempo pra pensar, Hinata tropeçou na cama, e Sasuke, continuou indo em direção a ela, Sasuke percebeu onde tudo estava chegando, ele não queria assutar Hinata, portanto afastou-se dela, e disse:
_Hinata, me desculpe, eu não devia ter feito isso, você deve estar me odiando, vou embora- disse ele indo em direção a porta.
_Não, espera Sasuke, ta desculpado, mas por favor não vá embora, eu me troco rápido, eu queria companhia hoje, por favor fique- disse Hinata torcendo para aquele monumento de homem ficar, pois parecia que ela também estava gostando dele, Sasuke se tornou especial pra ela.
_Me desculpe, tudo bem, eu fico, mas espero lá embaixo, e me desculpe de novo. - ele disse indo em direção as escadas, e descendo.
Hinata ficou parada, olhando para a porta e pensando consigo mesma, no que ele havia falado, ele disse que a amava, coisa que Naruto só falava para suas batalhas, coisas que o Kiba só falava para o Akamaru quando ele não tinha pulgas, e coisas que o Shino, bem, o Shino nunca falou nada, mas o Sasuke, um garoto que não falava com ela, um garoto diferente e quieto, sem sentimentos, um garoto frio, disse que a amava, isso era incrível, pois Hinata também o estava amando, mas não sabia se teria coragem para falar, ela então se levantou da cama, abriu a gaveta, e pegou um sutiã azul marinho, e uma calçinha azul também, só que um pouco mais clara, pegou uma calça preta confortavel e fresca, com duas linhas azuis do lado, e uma regata azul escura, e desceu com seus cabelos soltos e um pouco molhados ainda, ela ficou descalça, pois estava na sua casa, e estava um pouco calor pra ficar de sapatos ou ate mesmo chinelo, ela chegou até a sala, e chamou Sasuke para ajuda-la com os talheres e copos, afinal, não era só ela, ela colocou duas almofadas uma de cada lado da mesinha de centro da sala, e colocou seu bonsai na janela, pra tomar um sol, e colocou seu prato principal, uma tijela de vidro, média, com costelas e batatas, e estavam grelhadas, e então ela pegou o açafrão e deu uma pitada leve por cima, e do lado, colocou uma tijela pequena de arroz, colocou um prato em cada lado, os dois copos, os talheres.
Ela se sentou, e disse pra ele sentar-se também, eles jantaram em silêncio (já se passava das 7 da noite), Sasuke, tinha acabado, enquanto Hinata o esperava, ele disse que a comida estava realmente deliciosa, eles conversaram por um tempo, viram uns cd's, comentaram, depois Hinata levou Sasuke até a sala de jogos e eles jogaram bilhar, Hinata ganhou de Sasuke, ele não admitia que perdeu pra ela, mas em nenhum momento comentaram sobre o ocorrido, Hinata então pediu uma partida de pôker com ele, ele aceitou, então ele estava perdendo.
_AH Hinata, você esta roubando, eu estou perdendo a 5 rodadas seguidas, esta escondendo cartas ai - disse ele rindo, enquanto ela gargalhava.
_É claro que não Sasuke, é você que é ruim de mais - ela disse se levantando da mesa.
_Você está escondendo cartas - disse ele indo na direção dela, Hinata largou as cartas no chão e saiu correndo gargalhando, enquanto Sasuke corria atras dela, rindo também, ela subiu as escadas ele foi correndo atrás dela, então ela foi desviar dele, e ele pegou ela e eles cairam no corredor, rindo feito loucos, Hinata se levantou, quase sem fôlego e voltou a correr, ela desceu as escadas, ele levantou-se sem nem conseguir respirar de tanto rir, os dois gargalhavam sem motivos nenhum, mas mesmo assim, estavam felizes.



Cápitulo três : Não consigo ficar sem rir com você.

Hinata desceu as escadas, e Sasuke foi junto, ela corria e corria, e ele corria também, Hinata então ficou do lado das costas do sofá, e Sasuke do lado onde se sentava, ele ameaçou correr pelo lado direito, Hinata rindo ficou nervosa e pulou o sofá Sasuke então pulou em cima dela, então os dois ficaram juntos, ele em cima dela, e ela embaixo, com seus cabelos espalhados pelo braço do sofá, e então eles foram parando de rir, devagar, ela olhava bem no fundo dos olhos dele, enquanto ele percorria os dele para o rosto da mesma, admirando tudo o que ela tinha, seus olhos cansandos e calmos, ao mesmo tempo brilhantes e alegres, sua boca média, nem grande nem pequena, mas perfeita, seu nariz, suas boxexas coradas, suas orelhas pequenas e lindas, seus cabelos negros grandes e leves, então ele foi e a olhou bem no fundo dos olhos, ele estava com os braços apoiados no sofá, ela com os braços pra cima eles escostavam os quadris, Hinata sentia que Sasuke a estava respeitando pois o garoto se contraia ao maximo tentando se controlar, ela então foi observando Sasuke, olhou seus olhos, negros e curiosos, tensionados e alegres, seu rosto perfeito, sua boca chamativa, suas boxexas também rosadas de calor e de tanta risada, seus cabelos negros e espatifados caidos na direção dela, ela então foi descendo seus olhos para o pescoço dele, para a gola de sua camiseta, seu torax, era até onde ela via, sem fazer esforço nenhum, ele por sua vez, a olhou mais também, desceu seus olhos para seu pescoço, seus seios, que estavam bem chamativos por ela estar deitada e com uma regata apertada, sua cintura fina e linda, Sasuke relamente a amava, por mais pequeno que tinha sido o tempo de aproximação deles, Hinata, com medo de se arrepender disse pela primeira vez algo para quebrar o silêncio, ela disse :
_Sasuke, sabe, sobre o que você me disse lá em cima, saiba que eu também amo você.
_Sério Hinata? - disse ele espantado.
_Sérissimo Sasuke, eu te amo. - e ela sorriu pra ele.
Ele então, não resistiu, beijou ela, ele sentiu arrepiar-se todo, pois seus lábios era quentes e aconchegantes, Hinata fechou os olhos, e segurou na nuca dele, eles foram se levantando devagar, ele respeitava ela, mas ele não esperava que ela fosse esquentar mais o beijo, Hinata entrelaçou as pernas na cintura do garoto, ele segurou na sua coxa, e na sua cintura , eles estavam em um mar de calor, eles se apertavam se beijavam, ele então foi descendo sua boca, dando beijinhos em seu queixo, depois seu pescoço, ela respirava euforicamente, enquanto abria um meio sorriso por prazer, eles se mexiam, ela sentia o membro rígido do garoto por baixo de sua bermuda, ela queria ser dele, ele então deu uma leve mordiscada no pescoço dela e deu um chupão nela, que a fez gemer baixinho, o que deixou ele louco, ela então foi até a orelha dele, deu uma mordidinha de leve, e disse baixinho " me leva pra cima" ele então, a segurou firme na cintura, e foi subindo a escada, enquanto ela estava pendurada nele, beijando seu pescoço, dando mordidinhas na orelha dele, respirando fundo no pescoço dele, ele sentia mais e mais que desejava ela mais do que tudo na vida, ele então chegou no quarto dela, e a deitou, e continuou em cima dela, ele foi passando a mão dele pela lateral da cintura dela, até que chegou na beirada da blusa dela, ele foi levantando devagar, até que tirou por completo, ele deixou que a blusa caisse pelo chão, Hinata estava em extase total, ela agarrou a blusa dele, e tirou ela com tudo dando beijos em seu pescoço, ele então se sentou, e ela se encaixou nele, Sasuke queria sentir o calor daqueles seios fartos, ele então foi beijando o meio dos seios dela, e foi ao fecho do sutiã, tirou ele, ele foi dando lambidinhas com a ponta da língua nos seios dela, ela se agarrou nas costas dele, e colocou a cabeça pra cima, com os olhos fechados, sentindo ele beijar seus seios, mordiscando eles, então ele deitou ela, e continuou sentado, ele foi descendo pela barriga dela, beijando e beijando, até que chegou na calça dela, ele foi puxando a calça, e viu que a garota não havia aguentado e já estava com a calçinha molhada, ele riu e tirou o resto da calça, ela ergueu os pés, e foi empurrando a bermuda dele para os pés, até que ele estava só de cueca.
Hinata percebeu que seu membro já estava ereto, ela então empurrou a cueca dele, e viu que ele era "o cara", ele então voltou para a barriga dela, e pegou sua calçinha pelos lados e tirou bem rápido, ele então foi dando beijinhos até "o lugar proibido" então ele separou as pernas dela, e sentiu com a língua aquela intimidade quente e molhada, Sasuke sugava com fervor, enquanto Hinata gemia de prazer, ela suava e dava gritinhos dizendo o nome dele, ele ficava louco e ia mais fundo ainda, até que ela encontrou forças e se levantou, Sasuke ficou meio assustado, ele achou que havia ido muito longe, e que Hinata não havia gostado, mas a garota o surpeendeu, ela empurrou ele pra trás, ele caiu de costas na cama, e ela pegou no pênis dele e começou a chupa-lo com força, ele ficou pasmo, ela havia gostado, e pedia mais e mais, Hinata sugava com prazer, ele não aguentou e gozou nela, ela cuspiu, e levantou o rosto e pegou o lençol e deu uma passada no rosto, ele então se sentou, e ela engatinhou até ele e se sentou de frente pra ele, eles fizeram um encaixe perfeito, Sasuke segurava na cintura de Hinata, e ela arranhava as costas dele, ele gostava da leve dorzinha que sentia, ele penetrou a vagina dela, e ela agarrou firme nele, falando o nome dele, dizendo pra ele ir mais fundo, ela se mexia pra frente e pra tráz, ele segurava firme na cintura dela, indo mais e mais fundo, ele então gozou dentro dela, e ela gozou também, ela tombou pra tráz, e se deitou, respirando fundo, ele deitou-se do lado dela, a beijou com amor, ela sorriu.
Sasuke puxou o edredom, e ela se cobriu e ele tabmém, ela deitou a cabeça no peito dele, ele afagava seus cabelos, Hinata ouvia a respiração daquele garoto, que ela mal acabará de começar a conversar, mas ela o amava, ele disse pra ela enquanto acariciava seu braço e seu cabelo "eu te amo muito Hinata", ela sorriu e disse a ele, enquanto se abraçava nele "e eu te amo muito mais Sasuke".
Os dois dormiram, não sonharam, pois estavam cansados, e também muito felizes, pois sabiam que quando acordassem, um estaria ali para o outro.
FIM...
Espero que tenham gostado pessoal... xD
Comentem pliis **...

2 comentários:

huriel melo disse...

cara, da pra vc ser escritora.Gostei muito

Lucas alexandre dos santos garcias disse...

legal mais naruhina é mais tesao e mais fogoso msm sasuke sendo o sedutor o naruto acaba sendo o mais fogoso e mais bem dotado que o sasuke

Postar um comentário